Quer receber nossos conteúdos? Assine nossa newsletter
Por Redação - 7 de Fevereiro de 2024

A partir de 1.° de janeiro deste ano, entrou em vigor a Lei 14.754, que promove alterações relevantes na tributação de investimentos realizados no exterior por pessoas físicas residentes no Brasil, bem como em fundos offshore e fundos exclusivos

Neste artigo vamos explorar todas as modificações introduzidas por essa legislação, destacando seu impacto nos investimentos, as principais disposições e o contexto em que a nova lei foi promulgada.

Offshore, fundos exclusivos, taxação... o que isso significa?

A Lei 14.754 traz ajustes substanciais na tributação de diversas modalidades de investimentos, incluindo fundos exclusivos, offshore (investimentos realizados no exterior), renda fixa, renda variável e ETFs (fundos de investimento negociados na Bolsa de Valores). 

Um dos pontos importantes a serem considerados é a incidência de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nas remessas de recursos para o exterior, com alíquotas de 1,1% para transferências de mesma titularidade e de 0,38% para titularidades diferentes.

O que diz a Lei 14.754?

Originária do Projeto de Lei (PL) 4.173/2023, apresentado pelo governo federal, a nova legislação altera diversas normas, incluindo o Código Civil, para modificar a tributação de fundos exclusivos e investimentos em offshores. 

O que muda com a nova lei?

Fundos Exclusivos

Os fundos exclusivos, frequentemente utilizados por investidores de alta renda, agora serão tributados em 15% dos rendimentos para fundos de longo prazo e em 20% para fundos de curto prazo. A introdução do sistema de "come-cotas" a partir do próximo ano representa uma mudança significativa, com críticas sobre a cobrança de imposto sobre investimentos não realizados.

Trusts

A lei estabelece uma alíquota de 15% anuais sobre os rendimentos de trusts a partir de 2024, mesmo se o dinheiro permanecer no exterior. A definição de trusts como uma relação jurídica é introduzida, com ênfase na necessidade de declaração direta pelo titular e incidência de IR sobre rendimentos e ganhos de capital.

Entidades Controladas no Exterior

Empresas controladas por residentes no Brasil localizadas em paraísos fiscais ou beneficiárias de regime fiscal privilegiado serão tributadas. A transparência para fins tributários permite que pessoas físicas declarem os bens e direitos dessas entidades como se fossem seus, com compensação de perdas no exterior.

Outras Mudanças

A legislação também impacta fundos agrícolas e imobiliários, exigindo um mínimo de 100 cotistas para isenção do IR. Empresas que operam com ativos virtuais devem fornecer informações à Receita Federal e ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras. A lei também normatiza a conversão da moeda estrangeira em moeda nacional, com regras específicas para variação cambial.

A Lei 14.754 representa uma reforma significativa na tributação de investimentos no exterior, buscando maior transparência e controle. As mudanças impactam diversos setores, desde fundos exclusivos até empresas controladas no exterior, trazendo desafios e oportunidades para investidores e gestores de patrimônio. O acompanhamento das regulamentações futuras pela Receita Federal será essencial para entender completamente os efeitos dessa legislação.

Se você busca um serviço de qualidade e eficiência, conte conosco para navegar pelas nuances dessas alterações e otimizar seus investimentos. 

Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar a consolidar o seu sucesso financeiro. Estamos aqui para guiá-lo rumo a uma gestão patrimonial mais eficaz e alinhada às novas normativas.

Deixe seu comentário

Posts Relacionados

Saiba o melhor momento de comprar a moeda da sua viagem

Confira algumas dicas para comprar moeda estrangeira antes de sua viagem, possibilitando um planejamento financeiro mais eficaz.

Por Redação - 15 de Fevereiro de 2024

Como comprar dólar com segurança e agilidade?

Descubra como adquirir dólar com segurança e rapidez. Dicas essenciais para uma transação tranquila. Confira este artigo.

Por Redação - 8 de Fevereiro de 2024

O que é IBAN?

Entenda os detalhes e diferenças entre IBAN e SWIFT, otimizando suas transações internacionais. Confira este artigo para mais informações.

Por Redação - 5 de Fevereiro de 2024

Posts Mais Lidos no Blog Advanced

Você realmente conhece o dólar americano?

Apesar de ser uma moeda de grande circulação e a estrela do mercado financeiro, você saberia reconhecer as diferenças das cédulas de dólar? Confira neste artigo e descubra!

Por Redação - 10 de Julho de 2023

Contrato de câmbio, DI e DUE, Swift e DARF: qual a função de cada um?

Confira neste artigo e saiba tudo sobre o contrato de câmbio e demais documentos essenciais para as operações cambiais!

Por Redação - 26 de Junho de 2023

Minhas importações: saiba como rastrear encomendas internacionais

Neste artigo trazemos informações úteis e algumas dicas para você rastrear suas importações. Confira!

Por Redação - 24 de Maio de 2023