Quer receber nossos conteúdos? Assine nossa newsletter
Por Fabiana Fernandes - 28 de Julho de 2020

O QUE VALE MAIS A PENA: CORRETORA DE CÂMBIO OU BANCO?

As relações comerciais, especialmente quando a empresa possui negócios no exterior, implicam na máxima atenção em relação à moeda estrangeira utilizada nas transações.

 Principalmente no que diz respeito ao câmbio comercial do dólar, é extremamente importante que o empreendedor e responsável pelas finanças da empresa, fique sempre atento e acompanhando as variáveis.

 Uma dúvida muito pertinente em relação ao câmbio comercial se refere a qual vale mais a pena: comprar dólares para sua transação ou viagem de negócios, em um banco ou em uma corretora de câmbio? 

Apesar das duas modalidades de instituições financeiras oferecerem os serviços, eles não são idênticos. Quer saber qual a melhor opção? Então continue a leitura do post de hoje.
 

Prazos, cotação e taxas cobradas: corretora de câmbio ou banco? 

Partindo do princípio de que você é correntista de um banco, para adquirir a moeda estrangeira, basta solicitar o serviço desejado junto ao setor responsável pela transação. 

Um ponto importante quanto ao serviço de compra e venda de moeda estrangeira em uma unidade bancária: há um valor máximo estipulado para a quantidade de venda disponível por cliente. Cobranças adicionais pela operação de câmbio costumam ser cobradas e os horários de aberturas e fechamos de cofres são restritos. 

Quanto a corretora de câmbio, é possível pesquisar e encontrar uma série de benefícios apresentados.

 Sem dúvidas, a maior capacidade de negociação e taxas menores na corretora de câmbio, são atrativos. Há ainda a questão da flexibilidade de horário e até mesmo de muitas vezes efetuar o procedimento via internet, sem precisar deslocar-se até o local.

 A compra de dólar comercial está sujeito ao IOF, independentemente se a transação for feita em uma instituição financeira bancária ou em uma corretora de câmbio, por exemplo. Para ambas, a taxa gira em torno de 1,1%.

 Há ainda outras taxas, que de maneira geral, costumam ser maiores nos bancos. Sendo assim, antes de efetuar a compra de dólar comercial, pesquise antes e identifique as melhores taxas de acordo com a sua necessidade.

Uma dica importante para seu próximo câmbio é solicitar uma simulação. Pergunte ao seu banco: qual o valor total para a compra de 3.000 dólares? Você perceberá que o custo do dólar é parecido com o das corretoras, mas existem taxas escondidas que só são mostradas quando a operação é solicitada.

Deixe seu comentários

Fique por dentro das novidades!

Que informações gostaria de receber?